Um exercício de censura pessoal + o algoritmo





"...na vida é tudo fluido, misturado, incerto, mau de analisar sumariamente e impossível de analisar até ao fim".