Assento numa meia-lua


"Embora, pr'á rua!Ar!Continua a chover. Mas o qu'é que passa? Tenho qu'arranjar outra. primeiro vamos é pôr o sono em dia. Ó Franz, o qu'é que se passa contigo, afinal? A potência sexual obtém-se pela acção combinada 1. do sistema endócrino, 2. do sistema nervoso e 3. do aparelho sexual. As glândulas intervenientes são; a hipófise, a tiróide, as supra-renais, a próstata, as vesículas espermáticas e os epidídimos.A glândula espermática é preponderante no sistema. Através da substância por ela segregada, todo o aparelho sexual é activado no córtex cerebral aos órgãos genitais. O estímulo erótico desencadeia a tensão erótica do córtex cerebral, a corrente desloca-se como excitação erótica do córtex cerebral até ao centro de comando no diencéfalo. Depois a excitação rola pela medula abaixo. Não sem entraves, pois antes de deixar o cérebro tem de passar pelos travões das inibições, aquelas predominantemente psíquicas que desempenham papel significativo sob a forma de escrúpulos morais, falta de autoconfiança, medo do ridículo, medo do contágio e da concepção e quejandos."